Notícias

Pastoral da Acolhida, 10 anos de atuação e serviço no Santuário do Padroeiro do Maranhão

O acolhimento, especificamente na vida paroquial, a pastoral da se apresenta como uma estratégia que possibilita o contato direto com as pessoas que, quando são fortalecidas na fé, assumem um papel ativo na Igreja, uma de suas funções é acolher os participantes da missa dominical, receber bem e ir ao encontro das pessoas com objetivos de integrá-las na celebração na paróquia ou na diocese.


Em 10/03/2011 durante a Assembleia Paroquial, o reitor do Santuário apresentou a proposta de criar uma equipe para oferecer aos devotos e romeiros do nosso Santo um bom acolhimento atender as necessidades dos paroquianos e visitantes.


Sendo assim, construir uma igreja acolhedora e simpática aos olhos dos fiéis. Promover esse espírito de integração e a fraternidade, suscitando o sentido de pertença e o bem-estar de todas as pessoas na comunidade paroquial, tendo sempre como modelo inspirador a pessoa de Jesus Cristo é o principal objetivo da Pastoral da Acolhida.


Jesus Cristo também foi acolhido em Jerusalém: “Quando Jesus entrou na cidade de Jerusalém, uma grande multidão o acolheu com ramos verdes nas mãos. Tanto os que iam na frente como os que vinham atrás começaram a gritar: Hosana ao filho de Davi! Deus abençoe aquele que vem em nome do Senhor!” (Mc 11,9)


Atualmente a Pastoral da Acolhida do Santuário é coordenada por 1 coordenadora e um casal vice coordenador: - Joaqueline Santiago e Wellington e Lucimar

A pastoral segue um alguns aspectos que são tão necessários para o serviço:

A gratuidade, o dedicar-se sem pedir nada em troca e a alegria ao sentir o quanto é agradável servir ao Senhor.

Humildade ao reconhecer os próprios erros e propor sempre aos acertos diários e gradativos.

A paciência ao colocar-nos a disposição respeitando as limitações daqueles a quem sirvo.


Neste tempo de pandemia tem sido um desafio diário adequar-se ao serviço, a pastoral é uma das que está na linha de frente em nosso Santuário fez-se necessário adequar-se e adaptar-se para que a evangelização continue acontecendo de maneira sobre as normas de segurança, respeitando o distanciamento. Higienizar os fiéis e a igreja na entrada, na saída e antes da comunhão.


Para participar desta pastoral é necessário:

1-Prestar serviço a comunidade-igreja: acolhendo bem a todos, sobretudo sempre revelando a presença de Jesus no servir.

2-Desenvolver o acolhimento: humanizado, atencioso, entusiasmado, mostrando sempre a força e a alegria do Espírito Santo.

3-Estar disposto a servir com alegria: com um sorriso, desejando sempre, um bom dia, boa tarde ou boa noite, um seja bem vindo e convidando a voltar sempre.


Em nosso Santuário além da atuação nas missas, o trabalho também leva esperança a muitas famílias com as ações solidárias promovidas pela pastoral.


Que Deus e São José de Ribamar abençoe a todos!


Confira algumas fotos da pastoral:



Parte da Equipe de Acolhida no Santuário São José de Ribamar




Outras Postagens